Meteorologia

  • 18 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

PS prevê para breve investimento no hospital de Santo Tirso

O deputado do PS Fernando Jesus afirmou-se hoje convicto de que o Ministério das Finanças vai libertar a verba para as obras na unidade de Santo Tirso do Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) no prazo de "duas ou três semanas".

PS prevê para breve investimento no hospital de Santo Tirso
Notícias ao Minuto

15:11 - 08/06/18 por Lusa

Política Deputados

"Acredito que dentro de duas ou três semanas teremos novidades positivas sobre a libertação dos 4,6 milhões de euros para a construção do hospital", afirmou Fernando Jesus no final de uma visita àquela unidade, em foi acompanhado pelos também parlamentares socialistas Renato Sampaio, Joana Lima e João Torres, além do presidente da câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto.

Dando conta de uma pergunta sobre o assunto, feita em abril ao Governo pelos deputados do Porto, Fernando Jesus afirmou que o "Ministério das Finanças está a ultimar uma resposta consistente".

"Acredito que a promessa que obtive hoje de manhã do Ministério vai concretizar-se nas próximas semanas", reiterou o porta-voz dos deputados.

Já o presidente da Câmara, Joaquim Couto, disse que, "por ação do Governo atual", o hospital de Santo Tirso regressou em 2016 ao Serviço Nacional de Saúde, mas lembrou o conjunto de investimentos necessários "para repor a insuficiência de investimento dos anos anteriores" à reversão e assim colocar o hospital na "linha da frente na prestação de cuidados".

Recordando que o investimento "já foi aprovado pelo Ministério da Saúde" e que agora "está no Ministério das Finanças", o autarca pediu celeridade na resposta, porque, disse, o "hospital terá alguma dificuldade em funcionar na sua plenitude sem esse investimento".

"A câmara está disponível para acompanhar o Ministério da Saúde na parte complementar desse investimento, se for através de fundos comunitários, disponibilizando 15% do nosso orçamento, cerca de 700 mil euros, além dos acessos ao hospital que estão protocolados e que vamos executar", disse Joaquim Couto.

O presidente do Conselho de Administração do CHMA, António Barbosa, sublinhou a necessidade de construção de um edifício novo para "alojar a saúde mental", serviço que, frisou, "está prometido há muito tempo e que é fundamental se faça o mais depressa possível" dada a impraticabilidade de o "prestar, devidamente, nas atuais instalações".

O CHMA tem procurado ultrapassar as dificuldades através da mobilização dos seus profissionais", declarou o gestor, também ele otimista quanto à possibilidade de o investimento ocorrer a curto prazo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.