Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

PSP junta associações pirotécnicas para discutir segurança no setor

Depois do desaire recente da explosão em Penacova onde uma pessoa perdeu a vida e várias ficaram feridas, polícia e associações pirotécnicas trabalham em conjunto para evitar repetições e regular esta indústria.

PSP junta associações pirotécnicas para discutir segurança no setor
Notícias ao Minuto

09:16 - 16/04/18 por Tiago Miguel Simões 

País Pirotécnia

Recentemente, uma explosão de materiais pirotécnicos em Penacova, durante as festas da região resultou numa vítima mortal e cerca de 24 feridos.

Não só por isso, mas tendo esse incidente em conta, a Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública reuniu-se com as Associações do Setor dos Explosivos e Pirotecnia (ANEPE, APIPE, AP3E, ANIETE, ASSIMAGA E AIGRA).

“A reunião teve por objetivo, após mais uma triste ocorrência com produtos explosivos que resultou na perda de uma vida humana e ferimentos em cerca de 3 dezenas de cidadãos, fazer uma análise da situação no setor, principalmente no que se refere aos acidentes e suas causas, recolher os contributos de todas as Associações”, recordou a PSP, que apresentou planos para fiscalização deste tipo de mercado.

Um dos assuntos de maior relevância debatido neste encontro foi a relevância e necessidade de se proceder a uma alteração legislativa do quadro legal vigente para o setor. “ O incremento das ações de fiscalização com incidência sobre os prevaricadores, análise da legislação e normas técnicas publicadas” foram alguns dos pontos esmiuçados durante a reunião.

Rigor e segurança é o que a PSP e as associações pirotécnicas esperam alcançar no setor para que incidentes como o de Penacova possam ser prevenidos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório