Meteorologia

  • 19 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 7º MÁX 10º

Edição

Portugal solidário com Reino Unido condena ataque de Salisbur

O Governo português, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros, considera que a tentativa de assassinato do ex-espião, Sergei Skripal, e da sua filha é um "ato absolutamente inaceitável".

Portugal solidário com Reino Unido condena ataque de Salisbur
Notícias ao Minuto

21:23 - 13/03/18 por Fábio Nunes 

País MNE

O Governo português juntou a sua voz à de várias potências ocidentais na condenação ao envenenamento de um ex-espião russo e da sua filha em solo britânico. Num comunicado enviado às redações pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, Portugal demonstra a sua solidariedade para com o Reino Unido pelo ataque de Salisbury. 

O Governo português "condena veementemente a tentativa de assassinato de dois cidadãos russos no seu território com o uso de um agente neurotóxico de elevada sofisticação". 

"Trata-se de um ato absolutamente inaceitável em qualquer circunstância e em total desrespeito pelas leis internacionais e pelo qual os seus autores devem ser responsabilizados", pode ler-se.

O ex-espião, Sergei Skripal, e a sua filha, Yulia, permanecem em estado crítico no hospital, depois de terem sido expostos a um tipo de agente nervoso conhecido como Novichok.

Esta segunda-feira, Theresa May acusou publicamente a Rússia de estar envolvida neste ataque.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório