Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Mãe de Liliane Pinto: "Esta dor vai morrer comigo"

Ao contrário dos familiares das vítimas, Pedro Dias não vai estar presente na leitura do acórdão que está prestes a começar no Tribunal da Guarda.

Mãe de Liliane Pinto: "Esta dor vai morrer comigo"

A leitura do acórdão de Pedro Dias estava marcada para as 14h30, mas está, neste momento, atrasada.

À entrada do Tribunal da Guarda, a mãe de Liliane Pinto – uma das vítimas do arguido – mostrou-se abalada e de lágrimas nos olhos.

“Esta dor vai morrer comigo”, disse Maria de Fátima aos jornalistas, referindo-se à morte da filha e do genro que foram apanhados por Pedro Dias quando iam a caminho de uma consulta de fertilidade em Coimbra.

Ao lado de Maria de Fátima estava o tio e padrinho do guarda Ferreira que, revoltado, pediu um castigo para a advogada de Pedro Dias, Mónica Quintela, quem acusa de ter “montado uma estratégia para ensinar o cliente a mentir”.

“Estamos chocados com a estratégia da advogada”, referiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório