Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 6º MÁX 8º

Edição

Carris abre inquérito a acidente de autocarro em Lisboa

A Carris afirmou hoje que o autocarro da Carristur que embateu numa árvore não se despistou e assegurou que vai abrir um inquérito ao acidente, que causou uma dúzia de feridos em Lisboa.

Carris abre inquérito a acidente de autocarro em Lisboa
Notícias ao Minuto

12:27 - 20/02/18 por Lusa

País Avenida da Liberdade

"Não houve despiste do condutor, a viatura estava alinhada com o eixo da via, mas a Carristur vai instaurar imediatamente um inquérito para apurar as causas deste acidente", salientou a empresa, realçando que lamenta o sucedido e que assumirá todas as "responsabilidades legais que lhe sejam remetidas".

Numa nota, a empresa destacou que o autocarro turístico "embateu esta manhã contra uma árvore no sentido ascendente da Avenida da Liberdade".

Segundo a Carris, do acidente resultaram 12 feridos, dos quais 11 com ferimentos ligeiros.

O ferido grave será reavaliado no hospital de São José, "mas não aparenta cuidados maiores", destacou.

No entanto, segundo disse à agência Lusa Tiago Lopes, segundo comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros, foram 13 os feridos, tendo oito deles sido transportados para o hospital de S. José e cinco outros sido assistidos no local.

Uma fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) tinha indicado um total de 12 feridos, quatro dos quais assistidos no local.

De acordo com Tiago Lopes, no conjunto dos 23 passageiros do autocarro de turismo havia cidadãos de nacionalidade norte-americana, belga, suíça e britânica.

Após o embate com a árvore, no sentido ascendente da avenida, dois passageiros (turistas belgas) ficaram encarcerados, mas foram retirados pouco depois, acrescentou.

Tiago Lopes acrescentou que o autocarro foi retirado do local pelas 11:25, com recurso a escolta policial, e vai ser transportado para o estaleiro da Carris.

As autoridades vão cortar a árvore, por motivos de segurança, e o trânsito está cortado nos dois sentidos da Avenida da Liberdade, desde as 11:30, por questões de segurança.

No local do acidente estiveram duas viaturas médicas, duas ambulâncias do INEM e outras cinco dos bombeiros voluntários de Lisboa, Lisbonenses, Sapadores e dos bombeiros Cabo Ruivo e do Beato.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório