Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2017
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Marcelo elogia Operação Nariz Vermelho e promete visita a hospital

O Presidente da República elogiou hoje o trabalho da Operação Nariz Vermelho no apoio a crianças internadas e prometeu acompanhar os seus "doutores palhaços" numa visita a um hospital de Lisboa no dia 06 de novembro.

Marcelo elogia Operação Nariz Vermelho e promete visita a hospital
Notícias ao Minuto

19:02 - 13/10/17 por Lusa

País Novembro

Marcelo Rebelo de Sousa esteve na inauguração de uma exposição de arte contemporânea que assinala o 15.º aniversário desta instituição particular de apoio social (IPSS), na Gare Marítima da Rocha Conde d'Óbidos, em Alcântara, Lisboa.

No final, questionado sobre o relatório entregue no parlamento por uma comissão técnica independente sobre os incêndios de junho, o chefe de Estado reiterou que falará sobre isso no sábado, "num encontro promovido pela associação dos familiares das vítimas", com quem irá "jantar hoje, perto de Pedrógão".

Sobre a Operação Nariz Vermelho, o Presidente da República lembrou que colaborou com a instituição pela primeira vez em 2006 - "coloquei o nariz vermelho, e há fotografia disso" - e considerou que se trata de "uma iniciativa única".

"Quando apareceu era, de facto, uma revolução, era mudar a vida das crianças nos hospitais. Começou com poucos hospitais e foi alargando a todo o país. E hoje, com quinze anos, é, de facto, uma presença nacional, e tem um mérito enorme, porque tem o objetivo de aproximar, dar humanidade, atenuar a dor, fazer partilhar momentos de alegria e de felicidade", elogiou.

Marcelo Rebelo de Sousa disse que "os doutores palhaços ou palhaços doutores" da Operação Nariz Vermelho "são mesmo profissionais" que se preparam "de modo sistemático, ao longo do ano", somente com intervalos "no verão e num curto período de duas semanas por alturas do fim do ano".

"Eu estarei numa dessas presenças num hospital em Lisboa no dia 06 de novembro próximo", adiantou.

De acordo com Carlota Mascarenhas, porta-voz da Operação Nariz Vermelho, a exposição de arte contemporânea hoje inaugurada será acompanhada de outros eventos, como debates sobre o impacto do trabalho dos "doutores palhaços" no setor da saúde e atuações com humoristas nacionais convidados como Pedro Tochas, Maria Rueff ou Ana Bola.

Em 15 anos, a Nariz Vermelho chegou a 41 mil crianças em 14 hospitais do país e pretende até ao final do ano atingir a meta dos "15 anos, 15 hospitais", afirmou Carlota Mascarenhas.

Os 23 profissionais que desempenham este trabalho já passaram por mais de 80 serviços de internamento de crianças, com características diferentes, que exigiram formação específica e uma profissionalização deste trabalho.

Na sombra, trabalham para a Operação Nariz Vermelho outros 12 profissionais, que asseguram o orçamento anual mínimo de 800 mil euros para manter a operação a funcionar, angariados através de donativos de empresas, mas cada vez mais de particulares.

O peso dos donativos particulares é já de 40% e o objetivo é que em dois anos seja de 50%, ficando a par dos donativos empresariais.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório