Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Funcionário de conservatória condenado por peculato

Um funcionário da Conservatória do Registo Predial de Marco de Canaveses foi condenado pela prática de um crime de peculato continuado, ocorrido nos anos de 2014 e 2015, anunciou hoje o Ministério Público.

Funcionário de conservatória condenado por peculato
Notícias ao Minuto

16:09 - 13/10/17 por Lusa

País Marco de Canaveses

De acordo com sentença do Tribunal de Marco de Canaveses, o arguido foi condenado à pena de um ano e nove meses de prisão, substituída pelo cumprimento de 420 horas de trabalho comunitário.

Conforme se lê hoje na página da Internet da Procuradoria Geral Distrital do Porto, o Tribunal de Marco de Canaveses considerou provado que o funcionário, nos anos de 2014 e 2015, se apropriou de várias quantias que lhe foram entregues por utentes dos serviços, no montante global de 1.310 euros.

De acordo com aquela informação, na fixação da medida da pena, "o tribunal levou em conta que o arguido confessou os factos e demonstrou arrependimento traduzido no ressarcimento integral das quantias apropriadas".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório