Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2017
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 20º

Edição

Cilada de prostitutas quase mata clientes

A Polícia Judiciária desmantelou uma estrutura criminosa, assente na “prática de assaltos à mão armada, rapto para extorsão e resgaste de empresários”, e cujo isco consistia na contratação de prostitutas. Um dos clientes continua hospitalizado em estado crítico, adianta o Diário de Notícias, após ter sido violentamente agredido pelos homens que comandavam a organização.

Cilada de prostitutas quase mata clientes
Notícias ao Minuto

08:12 - 04/07/13 por Notícias Ao Minuto

País Crime

Dois homens de 23 e de 21 anos, e três acompanhantes de luxo, de 29, 32 e 37 anos. Eram estes os responsáveis por uma estrutura criminosa baseada na “prática de assaltos à mão armada, rapto para extorsão e resgaste de empresários”, desmantelada pela Polícia Judiciária.

As prostitutas actuavam fazendo uma triagem aos seus clientes e comunicando aos dois cúmplices qual o poder económico dos mesmos.

A partir daí, os homens, descritos por fonte policial ao Diário de Notícias como “extremamente violentos”, atraíam as vítimas para “ciladas, onde eram manietadas e agredidas barbaramente até ao pagamento de elevados resgates em numerário e objectos de valor, exigidas a toda a família e amigos”.

Um dos empresários alvo deste esquema continua hospitalizado em estado crítico, após ter sido violentamente agredido.

Os dois suspeitos, que se dedicavam também a assaltos à mão armada a bancos e estabelecimentos comerciais, encontram-se detidos.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório