Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Diretor da Jerónimo Martins na Colômbia detido por corrupção

Pedro Coelho, diretor de operações da Ara, é acusado de pedir benefícios a vários empresas e de ter pedido um emprego fictício para a mulher. A denúncia foi feita pela Jerónimo Martins.

Diretor da Jerónimo Martins na Colômbia detido por corrupção
Notícias ao Minuto

17:30 - 21/09/17 por Pedro Bastos Reis

País Pedro Coelho

O diretor de operações da Jerónimo Martins na Colômbia, Pedro Coelho, foi detido pelas autoridades colombianas por suspeita de corrupção, confirmou fonte da própria empresa ao Notícias ao Minuto. A notícia foi inicialmente avançada pelo jornal colombiano Portafolio.

A denúncia foi feita pela própria Jerónimo Martins, que detetou "a existência de um potencial caso de corrupção privada, em benefício próprio e em prejuízo da Companhia, detectado pelos sistemas internos", lê-se no documento enviado. 

"Graças à actuação conjunta com as autoridades colombianas, foi possível avançar para a instauração de um processo, que resultou na detenção anunciada".

A detenção foi levada a cabo pelo Ministério Público colombiano (a Fascialia General), que contou com o apoio da polícia nacional. 

Pedro Jorge da Costa Coelho, cidadão português, é diretor de operações da Ara, empresa do grupo Jerónimo Martins, e suspeito de pedir benefícios entre 50 a 80 milhões de pesos (cerca de 14 mil a 22 mil euros) a várias empresas para construir novas lojas.

Segundo o Portafolio, Pedro Coelho é também acusado de ter pedido um emprego fictício para a sua mulher a uma empresa da qual também terá recebido um pagamento próximo de seis mil euros. Terá ainda feito exigências a vários empreiteiros para que fizessem obras na sua residência num luxuoso apartamento em Bogotá, em troca da atribuição de contratos.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório