Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Médiuns juntam-se no Facebook para encontrar Maëlys

Não há qualquer pista sobre o que terá acontecido à menina lusodescendente.

Médiuns juntam-se no Facebook para encontrar Maëlys

Maëlys Araújo, de nove anos, desapareceu na noite de 26 para 27 de agosto de uma festa de casamento realizada em Pont-de-Beauvoisin, no sudeste de França.

Desde então a polícia francesa tem destacado vários elementos para a encontrar e já deteve um homem, um ex-militar, que é, para já, o único e principal suspeito do rapto da menina.

As buscas realizadas ao carro do homem, bem como as análises levadas a cabo pelos elementos da polícia científica, detetaram vestígios do ADN da menina, mas o seu paradeiro continua um mistério.

Face ao desespero que os pais da pequena Maëlys sentem devido à falta de pistas, um grupo de 22 médiuns decidiu arregaçar as mangas e trabalhar em conjunto para tentar descobrir onde está a jovem lusodescendente.

Conta o jornal francês Le Dauphine que os elementos deste grupo preferem manter o anonimato e que decidiram unir-se para juntar forças e ficarem mais poderosos para conseguirem encontrar a menina.

Uma das médiuns confessa que, inicialmente, tentou “ignorar o caso”, mas o facto de ser “mãe de três filhos” fê-la reconsiderar, até porque um amigo que também é medium lhe pediu ajuda.

“Pareceu-me então óbvio que tinha de ser feito de tudo para a encontrar”, refere, explicando que criou o grupo no Facebook para “juntar pessoas e ser mais poderoso”.

“Compartilhamos, confrontamos e cruzamos tudo”, acrescentou, revelando que os relatórios feitos a partir das intuições de todos os mediuns já foram enviados à polícia para ajudar na investigação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório