Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

"A PT tem cumprido e superado todos os serviços contratados pelo SIRESP"

O grupo Altice PT fez um balanço relativamente aos incêndios que devastaram o país, mais propriamente em Pedrógão Grande. Alexandre Fonseca garante que a empresa tem “cumprido” os serviços solicitados pelo SIRESP.

"A PT tem cumprido e superado todos os serviços contratados pelo SIRESP"
Notícias ao Minuto

16:10 - 24/08/17 por Pedro Bastos Reis

País Alexandre Fonseca

O responsável pela tecnologia da PT, Alexandre Fonseca, fez esta quinta-feira um balanço relativamente ao trabalho da empresa na reposição dos serviços de comunicações durante e após os incêndios.

Alexandre Fonseca começou por falar numa “situação excecional” e de “gravidade extrema” relativamente ao incêndio em Pedrógão Grande, garantindo, no entanto, que perante as circunstâncias o grupo Altice PT “diagnosticou e ativou os seus planos de ação mais eficazes”.

Acreditamos que ninguém é alheio ao momento vivido, bem como consideramos que todas as instituições e organismos tenham acionado todos os mecanismos que, numa situação destas, melhor podem servir o bem comum e o interesse nacional. O grupo Altice PT desde cedo diagnosticou e ativou os seus planos de ação mais eficazes para fazer face ao clima instalado. Para situações excecionais, medidas excecionais”, reiterou Alexandre Fonseca.

Relativamente às falhas no sistema SIRESP, denunciadas pelo primeiro-ministro, António Costa, numa entrevista ao semanário Expresso, o responsável pela tecnologia da PT garantiu, em resposta, que a empresa não só tem cumprido as suas funções como até tem superado os níveis de serviço para que foi designada.

A PT tem cumprido e superado inequivocamente com todos os níveis de serviço contratados pela SIRESP S.A”, garantiu.

Alexandre Fonseca deixou ainda críticas a quem coloca em causa o sentido de interesse público da PT, dado que a empresa passou para gestão privada.

“Tentam alguns, agora, passar a ideia de que por a PT já não ser do domínio público tenha passado a existir um sentimento diferente em relação ao país e ao povo português. Nada de mais errado (…) Em momento algum nos sentimos a querer outra que não o interesse público. Em nenhum momento equacionamos outra postura que não a servir, a de cooperar e a de repor. Fizemo-lo incessantemente em mais de uma dezena de distritos e em perto de uma centena de concelhos do nosso país”, reiterou Alexandre Fonseca.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório