Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Fogo que começou em Cantanhede e afetou Coimbra dado como dominado

O incêndio que começou no concelho de Cantanhede e que lavrou na sede de distrito, Coimbra, foi dado como dominado hoje de manhã, afirmou o presidente da Câmara, Manuel Machado, referindo que o risco de reativação "é alto".

Fogo que começou em Cantanhede e afetou Coimbra dado como dominado
Notícias ao Minuto

12:16 - 13/08/17 por Lusa

País Incêndios

O incêndio foi dado como dominado às 07:41, sendo que "o dispositivo se mantém no terreno", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, sublinhando que "o nível de reativação é alto".

De acordo com o autarca, o plano municipal de emergência, acionado na sexta-feira, mantém-se ativo.

Em declarações à Lusa, Patrícia Gaspar, da Proteção Civil, confirmou que o incêndio que começou em Cantanhede e que progrediu na zona de Trouxemil, Lamarosa, Andorinha e São Marcos, no concelho de Coimbra, foi dado como dominado.

A adjunta nacional de operações também frisou que há "um elevadíssimo risco de reativação".

De acordo com Patrícia Gaspar, o risco deve-se às condições meteorológicas "ainda vigentes" para hoje e segunda-feira.

"Esta noite, houve locais onde a temperatura não desceu dos 20 graus. É um cenário meteorológico muito complexo", explicou.

O incêndio que começou em Torres do Mondego, concelho de Coimbra, e que rapidamente progrediu para Miranda do Corvo está neste momento "estabilizado", mantendo-se com "uma frente ativa com cerca de 800 metros", referiu a adjunta nacional de operações.

"O pior cenário é o do incêndio de Ferreira de Zêzere", no distrito de Santarém, afirmou Patrícia Gaspar.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório