Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Ministra não deveria dar explicações sobre Pedrógão a "avulso"

Presidente da Liga dos Bombeiros não quis aprofundar-se muito na sua análise à conferência de imprensa de Constança Urbano de Sousa, defendendo que só se deveriam prestar declarações depois de se estar na posse de todas as informações sobre o assunto.

Ministra não deveria dar explicações sobre Pedrógão a "avulso"
Notícias ao Minuto

13:39 - 11/08/17 por Notícias Ao Minuto 

País Jaime Marta Soares

Jaime Marta Soares marcou presença hoje no evento em que foram doados 500 equipamentos à Liga dos Bombeiros Portugueses, num evento que decorreu na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Dafundo, em Algés.

Desafiado pela jornalista da TVI a comentar a conferência de imprensa desta quarta-feira em que Constança Urbano de Sousa revelou dados sobre a tragédia de Pedrógão Grande, o  Presidente da Liga dos Bombeiros  “disse não se querer envolver nas opções da ministra", mas defende que as explicações “não deviam ser dadas a avulso”.

“Deveria aguardar-se pelas conclusões da comissão dita independente da AR e da comunidade cientifica a quem o governo encomendou os relatórios e depois definir-se estratégias futuras para que estas coisas não se repitam”, disse. 

A ministra da Administração Interna disse que houve problemas de coordenação por parte da Autoridade Nacional da Proteção Civil. Para Jaime Marta Soares, o assumir dessas falhas é algo a elogiar. “Gabo a coragem da autoridade de fazer o trabalho de avaliar as coisas para que não se voltem a repetir", concluiu.

A iniciativa em questão, saliente-se, teve um custo total de cerca de 250 mil euros, feito pelo grupo Mosqueteiros, no âmbito do protocolo estabelecido com a Liga dos Bombeiros Portugueses. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório