Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
30º
MIN 29º MÁX 31º

Edição

Restaurante Made in Correeiros: Suspeita-se de nova mudança de nome

Nome do restaurante Made in Correeiros terá sido retirado da fachada frontal. Há quem acredite que a gerência se prepara para uma nova mudança de nome, condizente com o historial do estabelecimento.

Restaurante Made in Correeiros: Suspeita-se de nova mudança de nome
Notícias ao Minuto

10:30 - 08/08/17 por Goreti Pera 

País Lisboa

Um residente em Lisboa usou as redes sociais para divulgar imagens captadas junto ao restaurante Made in Correeiros, que foi notícia por alegadamente cobrar preços exorbitantes a clientes aos quais não é mostrado antecipadamente o menu com os preços dos pratos servidos.

Em plataformas como o Tripadvisor ou o Zomato, vários clientes denunciam o que dizem ser uma prática corrente no restaurante: a mudança frequente de nome. E é precisamente essa a suspeita que se levanta com as fotografias e vídeo difundidos por Tiago Mendes no Facebook.

“Como mostram as fotos, tiraram as letras cá fora. Devem estar a mudar de nome em breve. O número da porta também não é visível”, escreve o utilizador, numa publicação sustentada por duas fotografias à fachada frontal do estabelecimento de restauração, que o Notícias ao Minuto tentou contactar, sem sucesso.

No vídeo gravado momentos depois, Tiago Mendes envolve-se numa discussão com o que aparenta ser funcionário ou gerente do Made in Correeiros, depois de este se ter recusado a disponibilizar o menu sem que o cliente se identificasse.

Na mesma publicação, o autor admite ainda ter contactado a PSP e ter sido informado de que a ASAE visitou o restaurante em causa em duas ocasiões, não tendo constatado a existência de qualquer irregularidade.

Recorde-se que, tal como o Notícias ao Minuto referiu quando noticiou o caso a envolver o Made in Correeiros, a tabela de preços do restaurante inclui pratos a preços regulares, mas inclui também outros a preços exorbitantes.

As queixas derivam do facto de os clientes aceitarem as sugestões do estabelecimento na hora da refeição sem pedir para consultar a tabela de preços e optando, inadvertidamente, por pratos que chegam aos 300 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório