Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2017
Tempo
26º
MIN 25º MÁX 27º

Edição

Cidadãos vão "dar abraço" a restaurante que será demolido na Av. de Berna

O movimento de cidadãos Vizinhos das Avenidas Novas está a organizar um encontro no domingo junto ao restaurante 'La Gondola', na Avenida de Berna, em Lisboa, que pretende ser "um abraço de despedida" ao espaço que deverá ser demolido.

Cidadãos vão "dar abraço" a restaurante que será demolido na Av. de Berna
Notícias ao Minuto

13:43 - 04/08/17 por Lusa

País Lisboa

O coordenador do movimento, Rui Pedro Barbosa, adiantou hoje à agência Lusa que os Vizinhos das Avenidas Novas estão a preparar "um abraço ao restaurante e ao edifício".

Será um "encontro junto ao Gondola, de pessoas que se querem despedir do restaurante, não é uma manifestação de protesto", precisou.

Prevendo a presença de cerca de meia centena de pessoas, que se deverão juntar "entre as 18:00 e as 19:00 de domingo, o último dia em que o restaurante está aberto", Rui Pedro Barbosa referiu que a "ideia é beber um café a essa hora, e dizer um até já ao espaço".

"Espero que seja um até já e não um adeus", salientou.

Em 2015, a Câmara de Lisboa (de maioria PS) fez uma permuta de terrenos na Praça de Espanha com o Montepio Geral - Associação Mutualista para ali ser construído o edifício sede do Montepio Geral e da Lusitânia Seguros.

Entretanto, foi lançada uma petição que, pelas 13:00 de hoje, contava com 1.829 assinaturas.

No documento, os peticionários pedem à Câmara Municipal de Lisboa que "coloque o interesse público acima dos interesses privados e aja em conformidade com a lei, incluindo o PDM [Plano Diretor Municipal] em vigor".

Assim, os cidadãos pedem "que a sua demolição e alteração não seja autorizada até que seja avaliada a sua classificação como Imóvel de Interesse Municipal", ou até que "seja avaliada a sua candidatura ao Programa Lojas com História", que segundo Rui Pedro Barbosa "já foi submetida", dado que o espaço tem "reconhecidas tradições, memória histórica e longevidade".

Porém, "isto não será impeditivo de fazerem o que quiserem ao espaço", admitiu o coordenador. Por isso, o movimento de cidadãos quer "entregar a petição ao máximo de entidades possível".

A próxima fase será "tentar obter uma posição por parte do Montepio". Para isso, o movimento Vizinhos das Avenidas Novas está a avaliar "o formato exato" de "iniciativas que vão focar" a instituição, apontou o coordenador.

"O maior inimigo é o mês de agosto por serem férias, isto cai no esquecimento e é esse o problema", referiu.

O objetivo destas iniciativas não é "de maneira nenhuma parar a situação, mas que fosse feito um estudo sobre a história do edifício para saber se seria de preservar ou não", observou o responsável.

A petição refere que o "edifício sito na Avenida de Berna, nº 64, alberga desde 1941 o emblemático restaurante".

"Em causa está, por um lado, a perda de identidade de Lisboa, ao permitir-se a demolição de um edifício que, [...] pelo facto de ter chegado, solitária e praticamente inalterado até hoje, assume uma significativa e inesperada importância", continua o documento, salientando que o edifício tem "um valor adicional de memória urbana, cujo apagamento não devia passar sem discussão e análise técnica e de relevância para a Freguesia das Avenidas Novas".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório