Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Adiamento de exame de Matemática será inevitável

Dia 27 de Junho é a data da paralisação geral, mas também é a data das provas nacionais de matemática para cerca de 200 mil alunos do 6.º e do 9.º ano. O Diário de Notícias avança que o ministério da Educação não fala em adiamento, mas que este será inevitável. Até porque a greve abarca além dos professores os auxiliares de acção educativa, e sem eles as escolas nem podem abrir portas.

Adiamento de exame de Matemática será inevitável

O ministro Nuno Crato está a braços com um novo problema de datas de greve e exames. O dia da paralisação geral, o que inclui professores mas também auxiliares de acção educativa, coincide com os exames nacionais de matemática dos 6.º e 9.º anos.

Questionado pelo Diário de Notícias, o gabinete de Nuno Crato não confirma nem desmente um adiamento. Mas são cerca de 200 mil alunos cuja avaliação fica em ‘stand-by’. Os pais e directores das escolas já disseram que é impensável não adiar a prova.

Aliás, segundo o presidente do Conselho das Escolas, a paralisação de 27 de Junho “assusta muito mais do que a greve aos exames de segunda-feira”.

Já o secretário-geral da Fenprof, admite que a greve não é dos professores, mas que ainda assim espera uma forte mobilização dos docentes, sublinhando que até Passos Coelho desafiou estes profissionais a protestarem a 27 de Junho em vez do dia 17. “Se o próprio primeiro-ministro recomendou que fizéssemos greve…”, ironizou o Mário Nogueira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório