Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2017
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Marcelo e Nieto aliados no comércio livre e contra alterações climáticas

Os presidentes de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e do México, Enrique Peña Nieto, afirmaram-se hoje aliados pelo comércio livre, o multilateralismo e a luta contra as alterações climáticas.

Marcelo e Nieto aliados no comércio livre e contra alterações climáticas
Notícias ao Minuto

21:29 - 17/07/17 por Lusa

País Visita México

"Reconhecemo-nos como aliados em temas centrais da agenda global como a promoção do comércio livre, a luta contra alterações as climáticas e a defesa do multilateralismo", declarou Enrique Peña Nieto, no Palácio Nacional, na Cidade do México, no final de uma reunião com o chefe de Estado português.

Em seguida, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou: "Convergimos em princípios básicos a nível universal, convergimos na defesa da paz, na salvaguarda dos direitos humanos, no desenvolvimento económico e na justiça social, mas também na liberdade das pessoas e do comércio, na recusa do protecionismo injustificado, na não compreensão das barreiras humanas e económicas, e na preocupação quanto às alterações climáticas".

"Tudo isso e muito mais nos une no plano multilateral. Em várias organizações a que pertencemos", acrescentou, referindo que "Portugal não esquece o papel mexicano na eleição do secretário-geral das Nações Unidas, o português António Guterres".

Por sua vez, Enrique Peña Nieto agradeceu "o valioso apoio de Portugal no processo de negociação do acordo global que o México está a trabalhar com União Europeia".

Sobre a negociação em curso entre os Estados Unidos Mexicanos e a União Europeia, o Presidente português disse que "Portugal é um apoio constante e firme relativamente à posição mexicana, desejando que essa atualização possa encontrar-se concluída até ao final deste ano".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório