Meteorologia

  • 09 JUNHO 2023
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 23º

"Professores serão convocados para vigiar exames"

O ministro da Educação, Nuno Crato, afirmou hoje que os professores vão vigiar os exames marcados para segunda-feira, dia de greve, e que as orientações dadas às escolas vão nesse sentido.

"Professores serão convocados para vigiar exames"
Notícias ao Minuto

18:17 - 12/06/13 por Lusa

País Crato

“Os professores, naturalmente irão vigiar os exames. Serão convocados para as escolas e para vigiar os exames. A nossa orientação para as escolas é essa”, disse o ministro aos jornalistas.

O Ministério da Educação decidiu recorrer para o Tribunal Central Administrativo (TCA) da decisão do colégio arbitral que optou por não decretar serviços mínimos para a greve de professores que coincide com o primeiro dia de exames nacionais do Ensino Secundário.

Nuno Crato confessou-se muito preocupado com a greve e responsabilizou os sindicatos pelos eventuais prejuízos causados aos alunos e às famílias.

Questionado sobre as razões de não alterar a data dos exames do dia 17, Nuno Crato alegou que o Governo “não pode andar a reboque de declarações de greve” dos sindicatos.

O ministro argumentou ainda não ter garantias, da parte dos sindicatos, de que não seriam convocadas novas paralisações.

Nuno Crato voltou a frisar que na segunda-feira se realiza o maior exame do Ensino Secundário (Português), estando em causa 75 mil alunos.

A greve às avaliações está já “a criar instabilidade nas escolas”, assumiu, acrescentando que, a prolongar-se, poderá “impedir que sejam lançadas as notas na altura própria”.

O ministro apelou aos sindicatos e sobretudo aos professores que prepararam os alunos ao longo dos anos para que os exames se realizem.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório