Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2017
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

Mais de uma dezena de aldeias do concelho de Góis evacuadas

Serão já 11 as aldeias com ordem de evacuação.

Mais de uma dezena de aldeias do concelho de Góis evacuadas
Notícias ao Minuto

11:09 - 20/06/17 por Goreti Pera com Lusa

País Incêndios

As autoridades estão a proceder à evacuação de várias aldeias no concelho de Góis, distrito de Coimbra.

Ao todo, já onze aldeias de Góis foram hoje evacuadas devido ao alastrar do incêndio que lavra desde sábado no concelho e, "para já, não há necessidade" de abranger outras localidades, informou a Câmara Municipal, citada pela agência Lusa. A autarquia estima também melhorias na situação.

“O comportamento eruptivo deste incêndio desenvolveu-se de forma muito violenta e está a ameaçar estas aldeias. A nossa reocupação é proteger os bens e as pessoas. Não há feridos a registar”, informou o responsável da Proteção Civil ainda ao final da manhã.

Góis é, por esta hora, um dos concelhos em maior risco devido ao fogo que lavra na zona Centro.

As orientações da GNR são claras: a evacuação deve ser feita de forma rápida. Há, porém, relatos de alguma resistência por parte de alguns habitantes, pouco recetivos à ideia de abandonar as suas casas.

O município de Góis faz fronteira com Pedrógão Grande e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e com o concelho da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, para onde as chamas progrediram, após deflagrarem no sábado, em Fonte Limpa.

Esta manhã, a presidente da Câmara de Góis afirmou à Lusa que o incêndio no concelho de Góis chegou à União de Freguesias de Cadafaz e Colmeal, depois de estar "praticamente dominado" na freguesia de Alvares.

"Nós temos uma situação grave e, se calhar, pode passar a ser gravíssima, porque o incêndio passou de Pampilhosa da Serra. Ficou praticamente dominado na freguesia de Alvares [em Góis], mas passou do concelho de Pampilhosa da Serra para uma outra freguesia do concelho de Góis e neste momento lavra com alguma intensidade", indicou Lurdes Castanheira.

"Há imensos meios, viaturas, meios aéreos, mas é outra freguesia [afetada] neste momento, é a União de Freguesias de Cadafaz e Colmeal", precisou.

A autarca explicou que "o vento foi de tal maneira forte que projetou" o fogo.

"Galgou o alcatrão, a estrada nacional 112, e passou para o concelho de Góis novamente, para outra freguesia", enumerou. Lurdes Castanheira apontou que as chamas estão a afetar zonas de pinhal, mas podem vir a "ameaçar populações".

De acordo com a informação disponibilizada no 'site' da Autoridade Nacional de Proteção Civil pelas 11:40, o incêndio em Góis está a mobilizar 666 operacionais, auxiliados por 228 viaturas e seis meios aéreos.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório