Meteorologia

  • 28 JULHO 2017
Tempo
29º
MIN 23º MÁX 32º

Edição

Pedrógão Grande: Centenas de animais terão morrido no incêndio

Centena de animais terão morrido no incêndio que começou no sábado em Pedrógão Grande, distrito de Leiria, disse hoje o médico veterinário de Figueiró dos Vinhos, que se deparou com casos de queimaduras em cães e gatos.

Pedrógão Grande: Centenas de animais terão morrido no incêndio
Notícias ao Minuto

06:18 - 20/06/17 por Lusa

País Veterinário

Face aos relatos que têm chegado dos clientes que foram à procura dos seus animais e encontraram "dez ou vinte" mortos, principalmente cabras, ovelhas, vacas e porcos, Hélder Valente, médico veterinário na clínica VetFigueiró, disse acreditar que centenas de animais terão morrido durante o incêndio no interior norte do distrito de Leiria.

À clínica, já chegaram cerca de uma dezena de animais domésticos - cães e gatos - feridos pelas chamas, disse à agência Lusa o veterinário.

A maioria dos casos são quadros respiratórios graves, desidratação, queimaduras de pele, em especial "dos membros, das patas, que em contacto com as temperaturas altas ficaram com queimaduras de elevado grau", explanou Hélder Valente.

O trabalho tem sido feito em articulação com os veterinários municipais de Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão Grande, que têm percorrido o território, acrescentou.

Nas redes sociais, a clínica veterinária apressou-se a mostrar a sua disponibilidade para ajudar "todos os animais que precisarem de assistência" e tem divulgado imagens de cães aparentemente perdidos dos seus donos.

A clínica lançou também um apelo para a angariação de alimentos para animais, especialmente de espécies pecuárias, "o grupo de animais mais atingido" pelo incêndio que fustigou a região.

De acordo com a VetFigueiró, necessita-se de fardos de palha e ração, bem como de alimento húmido para cães e gatos.

As entregas podem ser feitas na Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande ou nas próprias instalações da clínica veterinária.

O incêndio que começou em Pedrógão Grande provocou pelo menos 64 mortos e 135 feridos, segundo o balanço provisório mais recente, divulgado na segunda-feira.

O fogo deflagrou no sábado à tarde, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, e alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.

Desde então, as chamas chegaram ao distrito de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pelo município de Pampilhosa da Serra.

Campo obrigatório