Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Emigrante inglês sobreviveu à tragédia em Leiria. “Devíamos ter morrido”

Gareth Roberts relatou drama que viveu à BBC. Elogiou os “mais incríveis atos de humanidade” por parte de estranhos.

Emigrante inglês sobreviveu à tragédia em Leiria. “Devíamos ter morrido”
Notícias ao Minuto

18:49 - 18/06/17 por Notícias Ao Minuto

País Incêndios Portugal

Gareth Roberts, um emigrante inglês que vive num dos locais afetados pelo incêndio de Leiria, contou o drama que viveu ontem à BBC. Este imigrante inglês regressava de umas férias em Cadiz, Espanha, e já sabia do incêndio que durava há várias horas perto da localidade onde vive.

O corte da circulação no IC8 obrigou Gareth Roberts e a sua família a seguirem para a aldeia de Mó Grande, onde tiveram de ficar. Em Mó Grande um família convidou Gareth Roberts e outras pessoas que também lá chegaram a abrigarem-se na sua casa.

Mas o fogo também chegou a Mó Grande e Gareth Roberts viveu horas de angústia. O emigrante inglês pensou mesmo que iria morrer, quando as chamas se aproximaram da casa. Gareth Roberts e as restantes pessoas que estavam nesta habitação deitaram-se no chão, rezaram e choraram durante cerca de uma hora.

“Eu disse: ‘Não posso morrer assim’. Comecei a chorar e estava muito emocionado. Não fui útil a ninguém durante 20 minutos”.

O fogo prosseguiu e para trás deixou um rasto de destruição em Mó Grande. “Milagrosamente a casa onde estávamos e a casa do lado não foram queimadas”, revelou Gareth. O inglês tem consciência que conseguiu escapar à morte. “Podíamos ter morrido. Devíamos ter morrido. Um ato de bondade na noite passada salvou-nos a vida e agora só podemos rezar por Portugal”.

Gareth Roberts destacou ainda os “mais incríveis atos de humanidade” por parte de estranhos que testemunhou.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório