Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

"Armando Vara foi condenado mas continua à solta"

Antigo candidato presidencial Paulo de Morais tece fortes críticas à justiça portuguesa pela forma como tem sido tratado o processo 'Face Oculta'.

"Armando Vara foi condenado mas continua à solta"

No passado mês de abril, o Tribunal da Relação do Porto confirmava uma condenação de cinco anos de prisão a Armando Vara por tráfico de influência no âmbito do processo ‘Face Oculta’.

Essa pena ainda não se materializou e Paulo de Morais aproveita para criticar duramente a justiça portuguesa pela forma como este caso tem sido tratado.

O antigo candidato presidencial lembra que “Armando Vara foi condenado” mas “continua à solta”.

“Ainda não esteve preso nem cinco segundos. Até hoje. Não se entende também que não tenha devolvido à sociedade os activos devidos”, acrescenta ainda.

Nesta senda, Paulo de Morais diz, na sua página no Facebook, que este processo se baseou numa condução de “justiça formal”, ou seja, “sem prisões, sem ressarcimento económico da sociedade – o que prevalece é a "face (nada) oculta" da justiça nacional: a impunidade”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório