Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Num só dia, duas crianças foram atacadas por cães com gravidade

Dono de um dos animais vai hoje ser ouvido em tribunal.

Num só dia, duas crianças foram atacadas por cães com gravidade

O dia de ontem ficou marcado por dois ataques de cães a crianças.

Em Leça do Balio, Matosinhos, uma criança foi atacada por um cão de raça considerada perigosa, tendo ficado ferida com gravidade.

Foi transportada para o Hospital Pedro Hispano com ferimentos no couro cabeludo, ombro e numa mão, mas não corre risco de vida.

A menina de quatro anos foi atacada por um Rotweiller que passeava com o dono na rua sem trela, nem açaime.

O ataque aconteceu num momento de confrontação entre o dono e populares, que o chamaram a atenção precisamente por o cão estar em liberdade na via pública.

O dono do animal insurgiu-se e o pai da criança terá começado a tirar fotografias. O homem terá então agredido o pai e por sua vez o cão atacou a menina.

Após o ataque, o dono do cão fugiu mas acabou por ser detido e o animal recolhido no canil municipal. Será hoje ouvido no Tribunal de Matosinhos.

O homem incorre em crimes de ofensa à integridade física negligente (por não ter o animal devidamente açaimado e com trela), ofensa à integridade física (por agressões ao pai da criança) e omissão do dever de auxílio (por ter abandonado o local após o ataque). 

Também ontem, em Arouca, um menino de nove anos foi atacado por um cão "arraçado de Serra da Estrela", que pertenceria à família da vítima.

Apesar da gravidade dos ferimentos, - segundo o comandante dos Bombeiros de Arouca "o cão arrancou uma orelha ao miúdo e fez-lhe um corte num ombro e num braço com os dentes" - a criança encontra-se estável no Hospital de São João, no Porto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório