Se vir o céu amarelado, não se admire. São poeiras do norte de África

O sotavento algarvio, o interior do Baixo Alentejo e o arquipélago da Madeira vão ser afetados até sexta-feira por poeiras provenientes do norte de África, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© DR
País IPMA

De acordo com o Instituto, a situação deve-se a uma depressão centrada na região de Marrocos, que transporta na sua circulação poeiras em suspensão provenientes do norte de África.

PUB

A depressão, segundo o IPMA, deverá afetar uma vasta região desde a Tunísia até às Canárias, passando pelo sul da Península Ibérica e pelo arquipélago da Madeira.

O Instituto realça em comunicado publicado na sua página da Internet, que esta situação, que começou na terça-feira, se tem traduzido, "num tom amarelado do céu" e que "deverá diminuir gradualmente ao longo dos próximos dias".

"Prevê-se que as poeiras continuem a afetar a região Sul e parte da região Centro, do continente, e a Madeira, até sexta-feira", acrescenta.

O IPMA indica que para hoje está prevista a "possibilidade de ocorrência de aguaceiros no sotavento algarvio e no interior do Baixo Alentejo que, a ocorrerem, terão como consequência a deposição das poeiras à superfície (normalmente bem visível sobre os automóveis)".

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser