Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 29º

Edição

Moradores no Porto entregam petição a exigir obras em ruas degradadas

A organização Humanistas pela Não-Violência disse hoje que irá entregar, na quarta-feira, no Gabinete do Munícipe do Porto, uma petição, com cerca de 700 assinaturas, a reclamar a requalificação de três ruas "muito degradadas" da freguesia de Paranhos.

Moradores no Porto entregam petição a exigir obras em ruas degradadas
Notícias ao Minuto

13:24 - 14/02/17 por Lusa

País Areosa

Na petição, a que a Lusa teve acesso, a organização e os moradores locais referem as ruas da Areosa, do Bairro da Areosa e Travessa do Bairro da Areosa.

"Estas vias e passeios encontram-se em muito mau estado e é frequente ocorrerem quedas dos transeuntes. Os passeios em algumas zonas são muito estreitos, degradados e alguns postes de eletricidade impedem a passagem de cadeiras de rodas ou carrinhos de bebés", sustentam os promotores da iniciativa.

Referem também que "o pavimento muito irregular danifica os automóveis e provoca um ruído que se ouve dentro das casas, para além de gerar acumulação de água que chega até aos passeios e edifícios".

Pelos motivos referidos, os moradores daquela zona da cidade do Porto juntaram-se para recolher assinaturas e entregar uma petição dirigida ao presidente da Câmara Municipal do Porto, solicitando-lhe a substituição do pavimento em calçada de granito, o arranjo dos passeios e o arranjo das condutas de águas pluviais.

"Já foram muitas as queixas e pedidos de moradores destas ruas, dirigidos às autoridades, sem conseguirem uma resposta positiva. Esperamos que o número de pessoas envolvidas nesta iniciativa chame desta vez a atenção da autarquia", afirmam os Humanistas pela Não-Violência, em comunicado enviado à Lusa.

Com a petição e as folhas de assinaturas serão também entregues fotografias que "comprovam o mau estado" em que se encontram estas ruas, propostas dos moradores para o melhoramento geral das ruas e um DVD com testemunhos de alguns moradores.

A Lusa solicitou esclarecimentos, via email, à Câmara do Porto, mas não obteve resposta até cerca das 13h00.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório