"Não há um truque para o humor. Quem me dera que houvesse"

Ricardo Araújo Pereira lança em dezembro 'A Doença, o Sofrimento e a Morte Entram Num Bar'.

© Global Imagens
País Humorista

'A Doença, o Sofrimento e a Morte Entram Num Bar'. Parece  início de uma piada mas é nome de livro que chegará aos escaparates em breve.

PUB

Depois de anos de sucesso na televisão e na imprensa, Ricardo Araújo Pereira regressa agora num livro que é um ensaio sobre escrita humorística.

O humorista surgiu esta quarta-feira à noite na Grande Entrevista, na RTP, onde falou do livro e de humor, mas também do que se esconde por trás de uma boa piada.

“Não há um truque [ para o humor]. Quem me dera que houvesse, porque isso tornava a minha vida mais fácil”, afirmou Ricardo Araújo Pereira.

Alguns dos temas focados no livro surgiram já nas aulas de escrita para comédia, que Ricardo Araújo Pereira tem dado nos últimos anos na Universidade Nova, em Lisboa.

“Não é de facto algo inato, há muito trabalho nesta questão”, realça Ricardo Araújo Pereira, para explicar que há de facto trabalho na hora de fazer humor. Mais do que isso, há uma forma de ver o mundo.

“Aquilo a que chamamos sentido de humor é, na verdade, uma maneira especial de olhar para as coisas e pensar sobre elas”, explica. “A ideia de que se nasce com um especial dom, não me parece que seja verdadeira”, insiste.

Sobre o título do livro, diz ainda o humorista que “doença, sofrimento e morte “são conceitos que “não costumamos associar à boa disposição”.

“A minha posição é que são inseparáveis. A gente ri das coisas más”, explica.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS