Seis embarcações apreendidas pela Polícia Marítima

A Polícia Marítima anunciou hoje a apreensão de seis embarcações no Seixal e em Alcochete, distrito de Setúbal, durante uma operação de combate à captura ilegal de polvo, meixão e amêijoa no rio Tejo.

© DR
País Alcochete e Seixal

No Samouco, no concelho de Alcochete, foram apreendidas cinco embarcações de recreio por falta de registo e por haver "fortes indícios de falsificação técnica e suspeitas de furto" em relação aos motores, refere a Polícia Marítima em comunicado.

PUB

Já no concelho do Seixal, foi apreendida uma embarcação de recreio que se dedicava à atividade ilegal de pesca, utilizando para o efeito a arte de arrasto com ganchorra rebocada, destinada à pesca de amêijoa.

"Na zona de Paço de Arcos e Oeiras [distrito de Lisboa], onde habitualmente é exercida a captura ilegal de polvo, foram fiscalizadas cinco embarcações de recreio nessa atividade, não tendo sido detetadas irregularidades", refere a Polícia Marítima de Lisboa.

As ações, que decorreram nos últimos dois dias, foram também dirigidas à captura ilegal de meixão (enguia bebé), tendo sido recolhidas e apreendidas nove redes ilegais que se encontravam no rio Sorraia. Foram restituídos ao rio cerca de cinco quilos de meixão.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS