Sínodo da Diocese de Lisboa, o primeiro desde 1640, começa hoje

O Sínodo da Diocese de Lisboa, o primeiro desde 1640, inicia-se hoje no Centro Diocesano de Espiritualidade Imaculado Coração de Maria, no Turcifal, a 30 quilómetros da capital.

© DR
País Patriarcado

O Sínodo, no âmbito das celebrações do tricentenário da criação do Patriarcado de Lisboa, foi anunciado pelo cardeal patriarca Manuel Clemente, em janeiro de 2014, com o objetivo de a diocese da capital concretizar as "orientações do papa Francisco", designadamente o reforço pela opção missionária e a reforma das estruturas, segundo o comunicado, então divulgado, pelo Conselho Presbiteral da diocese lisbonense.

PUB

Na Assembleia Sinodal, que decorre até a domingo, contam-se 137 participantes, entre leigos, clérigos e religiosos, segundo dados do Patriarcado.

Durante os cinco dias, vai ser analisado o documento de trabalho "O sonho missionário de chegar a todos", disponível em http://www.patriarcado-lisboa.pt/site/docs/2016814sinodo2016_doc_trabalho_nov16.pdf.

O título do documento foi retirado da Exortação Apostólica "Evangelii Gaudium" ("Alegria no Evangelho"), do papa Francisco.

Os trabalhos organizam-se, segundo nota do Patriarcado, em três temas principais: "Escutar o mundo e olhar a Igreja", "Discernir sobre os critérios evangélicos para ação eclesial" e "Lançar desafios para uma conversão pastoral e missionária no Patriarcado de Lisboa".

Paralelamente vão realizar-se "momentos de oração, reflexão, discussão e intervenções", segundo nota do Patriarcado, divulgada hoje.

Terminada a Assembleia Sinodal, "o cardeal patriarca de Lisboa vai elaborar um documento que apresentará as linhas orientadoras para a ação pastoral da Igreja de Lisboa para os próximos anos".

A apresentação oficial deste documento, que marcará o encerramento do Sínodo Diocesano, realiza-se no dia 08 de dezembro, às 15:30, durante a celebração solenidade da Imaculada Conceição, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS