Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Pedro Dias fica em prisão preventiva

Suspeito foi hoje ouvido, 30 dias após os crimes que ocorreram a 11 de outubro, durante cerca de cinco horas pelo juiz de instrução criminal.

Pedro Dias fica em prisão preventiva
Notícias ao Minuto

20:31 - 10/11/16 por Carolina Rico com Lusa

País Aguiar da Beira

Pedro Dias, indiciado por dez crimes, ficará a aguardar julgamento em prisão preventiva.

A medida de coação foi decretada pelo juiz de instrução criminal do Tribunal da Guarda, naquele que foi o primeiro interrogatório judicial ao detido que durou mais de cinco horas.

A medida foi justificada "dado o elevado perigo de fuga, continuação da atividade criminosa, perturbação do inquérito" e "alarme social".

Pedro Dias, de 44 anos, entregou-se às autoridades às 19h00 de terça-feira. Estava desaparecido desde 11 de outubro, data em que dois militares da GNR foram atingidos a tiro. Um morreu e um outro ficou ferido.

Na mesma madrugada, um homem morreu e a mulher ficou gravemente ferida, também alvejados a tiro na viatura em que seguiam.

O detido é suspeito da autoria de cinco crimes de homicídio qualificado, três dos quais na forma tentada, dois crimes de sequestro, pelo menos dois de roubo e um crime de furto.

No âmbito das investigações, a PJ também constituiu arguida uma mulher, de 61 anos, sobre a qual recaem "fundadas suspeitas de favorecimento pessoal" ao detido.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório