Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Cascais vai ter 'padaria social' para combater a pobreza

Um novo projeto social no concelho de Cascais vai disponibilizar estágios para jovens com dificuldades financeiras numa padaria e um espaço de aprendizagem para crianças, combatendo o abandono escolar e a pobreza.

Cascais vai ter 'padaria social' para combater a pobreza
Notícias ao Minuto

19:37 - 02/11/16 por Lusa

País Projeto

O projeto - centrado na Pão com História, loja de produção e venda ao público de pão gourmet - é da responsabilidade da Associação Pressley Ridge, que apresenta o espaço como uma "padaria social".

A diretora, Kátia Almeida, explicou que a junção das duas valências, comércio e educação, constitui um "negócio social" destinado a combater um problema que, "com a crise, começou a aumentar".

"Eu costumo dizer, meio a brincar, meio a sério, que fazer pão é um pretexto para conseguir atacar este problema da pobreza infantil. Queríamos ajudar as famílias através da criação de emprego e estimular as crianças que abandonam a escola e então pensámos 'porque não conjugar no mesmo espaço as duas coisas'?", contou Kátia Almeida à agência Lusa.

O objetivo, adiantou, é integrar na loja 30 estagiários (dos 15 aos 35 anos) ao longo do ano para depois serem lançados no mercado de trabalho. Os estágios de panificação e pastelaria são remunerados.

"Pensámos que se conseguíssemos estimular os miúdos para a empregabilidade íamos ajudar a resolver este problema. Uma das causas muito frequentes da pobreza é o abandono escolar. Assim, na padaria, vamos ter estagiários que vamos formar e ajudar a integrar no mercado de trabalho", descreveu.

Este centro de aprendizagens irá ter programas diferenciadores, apostando no desenvolvimento dos recursos pessoais e competências sociais dos jovens para contribuir para a sua inserção no mercado de trabalho.

Haverá também um espaço de estimulação de aprendizagens dirigido a crianças, entre os 6 e os 12 anos, para promover uma maior ligação à escola, à comunidade e à família, e assim combater o abandono escolar.

Pretendendo posicionar-se como uma padaria economicamente sustentável e criadora de emprego, a iniciativa é apadrinhada pelo chef Rui Paula, que a apoia com uma receita especial e na inserção profissional de estagiários.

O projeto foi apoiado financeiramente por uma instituição bancária, através de um concurso no qual saíram vencedores.

Localizada em São João do Estoril, a padaria social tem inauguração prevista para 09 de novembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório