Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 21º

Balas de suspeito em fuga mataram jovem e deixaram "aldeia em choque"

Luís Pinto, de 29 anos, e Liliane Pinto, de 26, foram baleados pelo suspeito sobre quem incide a caça ao homem montada pelas autoridades.

Balas de suspeito em fuga mataram jovem e deixaram "aldeia em choque"
Notícias ao Minuto

19:00 - 12/10/16 por Ana Lemos com Goreti Pera

País Aguiar da Beira

O homicídio de um militar da GNR e de um civil, na madrugada desta terça-feira, em Aguiar da Beira, deixou em “choque” os moradores de Palhais, de onde é natural o homem que acabou por perder a vida.

Natural de Benvende, Luís Pinto, de 29 anos, era tesoureiro na junta de freguesia de Palhais, concelho de Trancoso. Na manhã de terça-feira, em que se registou o tiroteio que lhe tirou a vida, Luís e a mulher estavam a caminho de Coimbra, onde tinham marcada uma consulta de fertilidade.

Liliane Pinto terá também sido baleada pelo suspeito sobre quem incide uma caça ao homem, montada esta terça-feira, ainda sem um desfecho.

A mulher de 26 anos é funcionária da Unidade de Cuidados Continuados de Aguiar da Beira. Foi encontrada, tal como o marido, junto à estrada nacional 229, com ferimentos de bala. Está internada no Hospital de São Teotónio, "em estado crítico", segundo contou ao Notícias ao Minuto o presidente da Junta de Freguesia de Palhais.

Hélio Martins garante que, segundo informações que obteve junto da unidade hospitalar de Viseu, Liliane Pinto não está em morte cerebral, ao contrário do que vem sendo avançado por alguns órgãos de comunicação social.

Do dia de ontem, o autarca recorda o sentimento da população: “Tristeza, consternação, choque muito grande” perante um ato “de enorme violência”.

A dificuldade em identificar o casal baleado, por os documentos terem sido levados no veículo roubado pelo agressor, levou a que só à tarde se soubesse que “as vítimas eram da terra”.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório