Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Carlos Alexandre "cometeu o ato mais abjeto que podem imaginar"

Sócrates garante que não irá afastar-se do panorama político.

Carlos Alexandre "cometeu o ato mais abjeto que podem imaginar"

José Sócrates é hoje o protagonista de um almoço de homenagem ao ex-primeiro-ministro, que decorre no Parque das Nações, em Lisboa.

O antigo líder socialista protagonizou há poucos minutos um discurso onde o juiz Carlos Alexandre foi o seu principal visado. O ex-primeiro ministro acusou-o de o julgar antes de ser conhecida qualquer sentença.

"O juiz não violou apenas a questão da imparcialidade. Violou o ponto da presunção da inocência. Ele não pode dizer aquilo a propósito de ninguém porque nenhuma autoridade judicial pode fazer declarações que indiciem se é inocente ou culpado antes de uma decisão”, afirmou.

O objetivo defendeu, foi "cometer o ato mais abjeto que podem imaginar"

"Qual é um dos atos mais repulsivos que as sociedades podem cometer? Um deles é querer condenar alguém sem o julgar antes", atirou.

Para José Sócrates é claro que muitos o quiseram “isolar da sociedade portuguesa”. Algo que este não permitirá.

"Aqui estou para dizer: estou aqui com vontade de voltar. Já bebi o meu próprio sangue e por isso estou com mais força do que nunca. Se não me venceram no passado, não me vencerão agora", atirou, perante os aplausos dos presentes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório