Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 22º

Edição

Petição pede estatuto para cuidador de doente de Alzheimer

Documento já conta com mais de quatro mil assinaturas.

Petição pede estatuto para cuidador de doente de Alzheimer

Uma Petição Pública que circula na internet vem pedir a criação do Estatuto do Cuidador Informal. O objetivo do documento pede o reconhecimento social e jurídico da função de cuidar e dos direitos inerentes de doentes com Alzheimer e demências ou patologias neurodegenerativas associadas ao envelhecimento.

Os autores da iniciativa lembram que “o aumento da longevidade da população, uma das conquistas do século XX, traduziu-se num aumento da prevalência de doenças crónicas, sobretudo das doenças neurodegenerativas associadas ao envelhecimento como os síndromes demenciais”, entre as quais a Doença de Alzheimer.

Segundo os mesmos, este tipo de patologias “acarretam défices de ordem cognitiva e comportamental determinando a perda progressiva da autonomia para realização das atividades da vida diárias”. 

O documento sublinha também que “o diagnóstico e as alterações decorrentes de uma doença incapacitante, como é o caso da doença de Alzheimer ou outra demência, implica repercussões na dinâmica familiar”, o que, muitas vezes, significa a necessidade de uma outra pessoa para “cuidar de uma pessoa doente dependente com deterioração cognitiva", e que, em casos, se "traduz numa sobrecarga intensa que pode comprometer a saúde e o bem-estar emocional de quem cuida”. 

Nesta senda, os signatários consideram “fundamental reconhecer medidas de apoio aos Cuidadores Informais e a criação do seu estatuto”. Como medidas, eles sugerem a disponibilização de apoio de terceira pessoa na assistência ao cuidador, tal como a possibilidade de os cuidadores informais poderem usufruir de um regime de trabalho com redução de horário laboral em 50%, sem perda de vencimento. 

De momento, esta petição já conta com mais de quatro mil assinaturas, sendo necessárias um total de dez mil para levar a iniciativa a discussão no Parlamento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório