Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Governo português promove igualdade de género nas Comunidades

O Governo português, o Alto Comissariado para as Migrações e a associação Mulher Migrante assinaram um protocolo de cooperação destinado a desenvolver o projeto 'Igualdade nas Comunidades', disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

Governo português promove igualdade de género nas Comunidades
Notícias ao Minuto

16:45 - 29/07/16 por Lusa

País José Luís Carneiro

Segundo o secretário de Estado das Comunidades de Portugal, José Luís Carneiro, o protocolo vai levar as políticas da cidadania e da igualdade desenvolvidas em Portugal aos portugueses que se encontram na diáspora.

"Tudo o que tem a ver com a promoção e a sensibilização para a importância da igualdade de género para o reforço da participação cívica e política das mulheres nas comunidades portuguesas nos países de acolhimento constituem as prioridades de um plano de ação estabelecido com a secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade, e também entre o Alto Comissariado para as Migrações e a Direção Geral dos Assuntos Consulares das Comunidades Portuguesas", sublinhou.

O projeto, que José Luís Carneiro classificou como "inovador", consiste no reforço da promoção da Igualdade e Não-Discriminação nas Comunidades Portuguesas, desencadeando um conjunto de medidas e iniciativas junto das comunidades e do movimento associativo da diáspora.

Reforçar a promoção da igualdade de género nas comunidades portuguesas, divulgando as políticas da igualdade de género já desenvolvidas em Portugal e estabelecer uma rede de partilha de conhecimentos e experiências concretas, dando visibilidade ao percurso de mulheres migrantes de várias gerações e em diferentes domínios da vida profissional e pública são alguns dos objetivos.

Por outro lado, o protocolo pretende ainda incentivar as mulheres a participar ativamente na liderança do movimento associativo das comunidades portuguesas e na vida pública, pelo exercício dos seus direitos de cidadania.

À Lusa, José Luís Carneiro lembrou que, a 18 de junho último, em Paris, Portugal abriu o Espaço do Cidadão, que disponibilizou 60 serviços aos portugueses que vivem em França, experiência que, sublinhou, se pretende desenvolver noutros postos consulares em todo o mundo.

"Constitui objetivo do Governo português criar condições para que as políticas que se aplicam os portugueses que vivem em Portugal se possam aplicar e desenvolver junto dos portugueses que vivem fora de Portugal", concluiu.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório