Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Polémica entre Marcelo e colégios. Belém nega declarações

"Marcelo afirmou que 'tem de se encontrar uma solução para o problema dos colégios'", afirmam as escolas.

Polémica entre Marcelo e colégios. Belém nega declarações

Está instalada a polémica entre o movimento Defesa da Escola Ponto e Belém. A SIC avança esta sexta-feira que depois de o movimento ter garantido que recebeu o apoio de Marcelo Rebelo de Sousa, fonte de Belém veio desmentir tal informação.

Esta quinta-feira, o Presidente da República recebeu os representantes do Defesa da Escola Ponto. Após o encontro, que durou hora e meia, o movimento enviou um comunicado às redações onde citava por três vezes o chefe de Estado.

"Marcelo afirmou que 'tem de se encontrar uma solução para o problema dos colégios'" e tomou “boa nota” do parecer jurídico entregue pelos representantes do movimento e encomendado a um constitucionalista que defende a ilegalidade nos cortes às escolas privadas, lê-se no documento.

O Defesa da Escola Ponto escreve ainda que Marcelo disse: "Mal tenham a versão completa, enviem-ma". Além de revelar que o Presidente prometeu que esta sexta-feira abordaria o tema na sua reunião semanal com o primeiro-ministro e que se esforçaria para “encontrar uma solução para o problema”.

Contudo, fonte do gabinete da Presidência da República disse que esta interpretação da conversa é da responsabilidade dos representantes e escolas e que distancia de tais considerações.

Mas, já esta manhã, e após gerada a confusão, o movimento veio reiterar a versão do comunicado e declarar que conta com apoio presidencial.

"A reunião [com o chefe de Estado] foi agradabilíssima e muito energizante porque ele próprio tem essa característica, o que nos dá mais força para continuar a informar a sociedade relativamente a um tema tão importante como este. O movimento mantém tudo e mais uma vez nunca com a intenção de condicionar politicamente porque não somos uma força política", explica o representante do movimento, Luís Marinho em declarações à SIC.

Posteriormente, o Defesa pela Escola Ponto emitiu novo comunicado, a que o Notícias ao Minuto teve acesso, no qual reafirma, “em absoluto, que as coisas se passaram como as relatámos aos jornalistas”.

Enquanto isso, Marcelo, que já ontem declarou, no final de uma visita à fábrica da Vista Alegre, que “não comento as audiências” e que “portanto, não tenho nada a dizer", hoje reiterou que: “Fiquei mais informado do que estava, mas não tenho nada a comentar”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório