Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Tribunal julga suspeito de matar uma mulher e tentar matar namorada

O Tribunal de Vila Real começa a julgar na quinta-feira um homem suspeito de ter matado uma mulher e tentado matar a companheira, no Pinhão, concelho de Alijó, disse fonte judicial.

Tribunal julga suspeito de matar uma mulher e tentar matar namorada
Notícias ao Minuto

17:35 - 16/03/16 por Lusa

País Alijó

O arguido chega a tribunal acusado pelo Ministério Público de dois crimes de homicídio qualificado, um na forma tentada, e ainda pela detenção de arma proibida.

Segundo a acusação, o homem dirigiu-se pelas 07:00, do dia 15 de abril do ano passado à pastelaria onde a companheira trabalhava "insistindo exaltadamente falar com ela, apesar das suas recusas".

A tese do Ministério Público aponta para que o homem "não estava conformado com o fim da relação" por parte da jovem.

Foi dentro da pastelaria que o arguido "sacou de uma pistola de calibre 6,35 milímetros" e "atingiu mortalmente com um tiro no rosto uma outra empregada da pastelaria, prima da companheira, que procurava contactar telefonicamente as autoridades".

Depois, atingiu com "outros dois tiros a companheira, no rosto e pescoço, só não a matando por razões alheias à sua vontade mas provocando-lhe lesões muito graves que a impedem, nomeadamente, de comunicar verbalmente e de se movimentar sozinha".

Na altura em que ocorreram os disparos estariam mais pessoas a trabalhar na pasteleira.

Depois do crime, o alegado homicida fugiu, entregando-se às 08:40 na esquadra de Vila Real e, de acordo com a informação que prestou, atirou a arma ao rio na localidade de Pinhão.

O homem, que é natural de Baião, distrito do Porto, está a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório