Meteorologia

  • 23 MAIO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 24º

Edição

PSP compra mais um drone de 60 mil euros. Sindicato questiona escolhas

Esta não é a primeira compra de 'luxo' da PSP no que toca às novas tecnologias.

PSP compra mais um drone de 60 mil euros. Sindicato questiona escolhas
Notícias ao Minuto

12:00 - 16/02/16 por João Oliveira 

País Vigilância

Os Sindicatos da Polícia pedem mais pessoal, horários mais flexíveis e aumentos. Todas as propostas têm praticamente caído por terra. No entanto, os corpos de seguranças estão bem servidos no que às novas tecnologias diz respeito.

Uma das mais recentes aquisições foi um drone cujo custou foi de 60 mil euros, 59.582,82 euros mais precisamente, segundo as informações divulgadas online pelo Portal Base e destacadas pelo jornal i.

No mesmo documento, estão enumeradas todas as características que justificam o preço da aquisição feita à empresa holandesa Aerial Group BV. Entre elas, oito motores propulsores, computador, GPS e ainda a respetiva estação de controlo terrestre do drone.

Em declarações ao Notícias ao Minuto, o presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia, Paulo Rodrigues, adianta que "desconhecia" a compra e que ficou "surpreendido", uma vez que "a polícia sempre teve dificuldades financeiras para responder às suas necessidades mais básicas". Apesar de "perceber que a polícia tenha de se modernizar", o porta-voz diz que essa "não é de todo uma prioridade".

"Andamos todos os dias a pedir investimentos financeiros em equipamento de proteção balística, atualização do sistema informático e frota automóvel e a resposta que nos é dada é que o orçamento disponível não o permite". Paulo Rodrigues indica que as prioridades deviam ser não só garantir os recursos necessários aos próprios polícias como também aos Recursos Humanos. 

"Temos polícias que concorreram a concursos públicos que não são concluídos há um ano e meio", exemplifica. 

Esta não é, contudo, a primeira compra de drones de valores elevados da PSP. Em 2013, as forças policiais tiveram direito a outras duas aeronaves de valores semelhantes. A curiosidade reside no facto de só um deles ter sido utilizado e… de forma ilegal, como deu conta o Observador em abril do ano passado, após ter tido acesso ao parecer do Ministério Público.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório