Meteorologia

  • 20 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Animais que estavam a morrer à fome foram salvos e têm novo lar

Cerca de 30 animais morreram à fome e outros estavam em risco de vida. Caso foi tornado público pelo Jornal de Notícias, o que levou a uma atuação da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

Animais que estavam a morrer à fome foram salvos e têm novo lar

Os cerca de 100 bovinos que um produtor de agropecuária tinha numa propriedade na Póvoa de Lanhoso foram apreendidos e salvos, refere o Jornal de Notícias na sua edição desta quinta-feira.

A apreensão foi feita pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), auxiliada pela GNR, no seguimento de uma ordem do Ministério Público.

Cerca de 100 bovinos, dezenas de cavalos, cães e um porco foram levados para quintas da propriedade do Estado uma vez que estavam a morrer à fome. O proprietário alegava que não tinha dinheiro para alimentar os animais.

A situação era do conhecimento do Ministério da Agricultura, que considerou que era de “grave perigo para a saúde animal e pública” e condenou José Vieira a uma multa e proibição de continuação da atividade.

O produtor estava, contudo, impedido de vender os animais, uma vez que os terrenos estão em quarentena por irregularidades processuais e problemas sanitários.

Na operação de apreensão do gado, que ocorreu sem registo de incidentes, estiveram envolvidos vários camiões, membros da DGAV e 25 militares da GNR. O proprietário admite contestar a decisão em tribunal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório