Apenas 50 refugiados aceitaram vir para Portugal

Portugal tem capacidade para receber quase cinco mil requerentes de asilo mas são poucos os que aceitam uma recolocação por cá.

© DR
País Recolocação

Apesar de Portugal se ter oferecido para receber 4.754 refugiados, apenas 50 se mostraram interessados em vir para Portugal.

PUB

Segundo o Diário de Notícias, deverão chegar ao país, antes do Natal, 20 requerentes de asilo vindos da Grécia e 30 provenientes de Itália. “O que já seria muito bom”, disse um dirigente do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Dificuldades burocráticas e a recusa em viajar são as justificações possíveis para o baixo número de pessoas recolocadas na Europa: 700 entre os 160 mil pedidos de asilo.

A grande maioria dos refugiados prefere seguir viagem para a Alemanha e Suécia ou outros países nórdicos onde lhes foi prometido trabalho e um bom nível de vida, ou onde têm família.

Para incentivar os requerentes de asilo a escolher Portugal como porto de abrigo, o embaixador português na Grécia, Rui Alberto Tereno, foi ao campo na ilha grega de Kos apresentar o país aos refugiados e explicar o que podiam esperar ao aqui chegarem.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a saber todas as novidades de Pais

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser