Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Cavaco vai à Alemanha ao 11.º encontro informal do Grupo de Arraiolos

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, desloca-se entre segunda e terça-feira à Alemanha para participar no 11.º encontro informal de nove chefes de Estado da União Europeia que constituem o Grupo de Arraiolos.

Cavaco vai à Alemanha ao 11.º encontro informal do Grupo de Arraiolos
Notícias ao Minuto

10:56 - 20/09/15 por Lusa

País Presidente

O impacto da reforma religiosa na Europa, a coesão no Velho Continente e a educação e participação serão temas abordados nesta reunião.

A agenda do primeiro dia, que decorrerá em Wartburg, inclui a palestra "A reforma e o seu impacto na Europa" pelo professor de História das Religiões Thomas Kaufmann e a sessão plenária sob o tema "Fortalecer a coesão na Europa", com a participação do presidente da Fundação do Património Cultural Prussiano, Hermann Parzinger, e a diretora do Centro Von Oppenheim de Estudos de Política Europeia, Almut Moeller.

O dia do chefe de Estado português termina com um jantar oficial, oferecido pelo seu homólogo alemão aos participantes, no qual marcarão presença também o ministro presidente da Turíngia, Bodo Ramelow, e a presidente da Câmara Municipal de Eisenach, Katja Wolf.

Na terça-feira, os trabalhos decorrem em Erfurt, onde decorrerá a sessão plenária sobre "Educação e Participação", com a diretora do Centro Von Oppenheim de Estudos de Política Europeia, Almut Moeller, e o diretor do Instituto Alemão para a Investigação Internacional na Educação.

O programa de Cavaco Silva termina com um almoço oficial, no qual estarão o ministro presidente da Turíngia, Bodo Ramelow, e o presidente da Câmara Municipal de Erfurt, Andreas Bausewein.

Coincidindo com os dois primeiros dias da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 04 de outubro, esta deslocação de Cavaco Silva foi aprovada pela Assembleia da República no último plenário da atual legislatura, a 22 de julho.

O Grupo de Arraiolos junta informalmente, com periodicidade anual, os chefes de Estado de Portugal, Alemanha, Áustria, Eslovénia, Finlândia, Hungria, Itália, Letónia e Polónia - fundamentalmente, sem poderes executivos.

O último encontro foi organizado por Portugal a 29 e 30 de setembro do ano passado, e decorreu no Mosteiro de Tibães, no concelho de Braga.

O Grupo de Arraiolos reuniu-se pela primeira vez na vila alentejana de Arraiolos, em 2003, por iniciativa do então Presidente da República de Portugal, Jorge Sampaio, que procurou juntar um conjunto de chefes de Estado com poderes semelhantes aos seus para discutir o futuro da União Europeia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório