Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 28º

Lisboa com novo espaço para startups criativas a partir de maio

A Câmara de Lisboa vai inaugurar, em maio, um novo espaço de incubação para empresas recém-criadas na Mouraria, dedicado às áreas criativas, disse hoje a vereadora da Economia na autarquia da capital.

Lisboa com novo espaço para startups criativas a partir de maio
Notícias ao Minuto

16:35 - 05/02/15 por Lusa

País Mouraria

"Vamos abrir um novo espaço de incubação mais dedicado às áreas criativas, que vai ser na Mouraria. Vamos agora lançar o concurso para as 'startups' se candidatarem e serem selecionadas para estarem lá alojadas", disse a vereadora Graça Fonseca à agência Lusa no final da apresentação do programa "Lisboa, região empreendedora europeia 2015".

O evento, que juntou mais de 70 empresas nos Paços do Concelho, das mais diversas áreas, desde as que trabalham com o calçado, vestuário, decoração, robótica às da restauração, visava dar a conhecer alguns dos projetos criados na Startup Lisboa.

"Quisemos transformar este edifício na maior incubadora do país, precisamente para mostrar [...] que o que está a acontecer em Lisboa é incrível, porque há muitas pessoas a abrirem novos negócios, a terem ideias boas, a criarem emprego, a gerarem dinâmica económica", acrescentou a autarca.

A Startup Lisboa assinala este mês três anos e já apoiou mais de 180 microempresas, 250 empreendedores, tendo contabilizado também 100 mentores.

Em junho do ano passado, a Câmara de Lisboa recebeu em Bruxelas o prémio de empreendedorismo do Comité de Regiões, que distingue a cidade a nível europeu.

Salientando que este ano o município tem uma "responsabilidade acrescida" devido a esta distinção, Graça Fonseca anunciou que em abril vão abrir o terceiro edifício da Startup Lisboa.

Além disso, em março, serão conhecidos os vencedores do concurso "Fab Lab in the city", aberto a 'designers' para criar elementos de mobilidade urbana para o Largo do Intendente, referiu a também responsável pela área da Inovação do município.

Em declarações aos jornalistas no final da cerimónia, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, salientou que "este movimento de empreendedorismo tem sido uma grande resposta à crise e à forma como é necessário mobilizar a energia das pessoas, a criatividade e a capacidade de iniciativa, para criar emprego e mais riqueza na cidade [...]".

No evento, que terminou com uma atuação do projeto "A música portuguesa a gostar dela própria", estiveram ainda presentes representantes do Comité das Regiões - Thomas Wobben - e da região de Valência - Raul Calvo -, que no ano passado recebeu a distinção agora atribuída a Lisboa.

Durante a cerimónia, foram destacados alguns projetos que surgiram na Startup Lisboa, como o Jobbox (plataforma de recrutamento no setor tecnológico), o Pharmassistant (que desenvolveu um recipiente inteligente para medicamentos, permitindo aos utilizadores tomar o medicamento certo, à hora certa), o Village Underground Lisboa (estrutura com escritórios para criativos e 'freelancers') e a Uniplaces (plataforma 'online' de alojamento universitário).

Recomendados para si

;
Campo obrigatório