Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 27º

Viseu vai ter Curso de Técnicos Superiores Profissionais

O Instituto Politécnico de Viseu (IPV) anunciou hoje que vai ter a funcionar no próximo ano letivo o curso de Redes e Sistemas Informáticos, que foi o primeiro Curso de Técnicos Superiores Profissionais a ser aprovado no país.

Viseu vai ter Curso de Técnicos Superiores Profissionais
Notícias ao Minuto

16:19 - 25/08/14 por Lusa

País Ensino

Recentemente, o IPV tinha proposto para aprovação da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) três Cursos de Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) para três das suas escolas.

"Dos cursos propostos à DGES foi registado, por despacho de 21 de agosto de 2014, para entrar em funcionamento já no próximo ano letivo de 2014/2015, o curso de Redes e Sistemas Informáticos, que, deste modo, se torna no primeiro curso aprovado no país no âmbito desta nova oferta formativa disponibilizada este ano pelo Ministério da Educação e da Ciência", sublinha, em comunicado.

O IPV avança que, no âmbito da criação dos novos CTeSP, se prepara para alargar o leque formativo para o próximo ano letivo, aguardando ainda a comunicação relativamente aos outros cursos propostos.

Além do curso de Redes e Sistemas Informáticos, que será ministrado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, o IPV propôs a criação dos cursos de Informática Industrial para Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego e de Viticultura e Enologia para a Escola Superior Agrária de Viseu.

Segundo o IPV, "no total, foram cerca de 200 novos CTeSP propostos ao Ministério da Educação, sendo posteriormente submetidos a aprovação da tutela, após pareceres de associações empresariais da região onde se insere cada instituição de ensino superior, do Instituto de Emprego e Formação Profissional e da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional".

Os CTeSP são uma nova oferta formativa ministrada no âmbito do ensino superior politécnico, com 120 créditos e a duração de quatro semestres letivos, que têm o seu início previsto para o mês de setembro.

O IPV explica que "estes ciclos de estudos têm componentes de formação geral e científica, formação técnica e formação em contexto de trabalho, que se realiza através de um estágio no final do curso".

Tendo como objetivo "estabelecer uma ponte entre os mundos académico e empresarial", estes cursos conferem o diploma de Técnico Superior Profissional (de nível 5 do Quadro Europeu de Qualificações para a Aprendizagem ao Longo da Vida), permitindo aos alunos prosseguirem os estudos para uma licenciatura na mesma área e instituição onde os concluíram.

Podem candidatar-se aos CTeSP aqueles que tiverem um curso de ensino secundário ou que tenham sido aprovados nas provas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos.

Também os estudantes que tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente e, não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pela instituição de ensino superior se podem candidatar.

Têm ainda possibilidade de frequentar estes cursos os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

"O ingresso realiza-se através de um concurso organizado pela instituição de ensino superior, regulado por diploma próprio", informa o IPV.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório