Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

AR não consegue comunicar com pai das gémeas (e mãe não faculta contacto)

Samir Assad acompanhou todo o tratamento em Lisboa, estando referido em vários documentos e e-mails consultados pelos deputados.

AR não consegue comunicar com pai das gémeas (e mãe não faculta contacto)
Notícias ao Minuto

22:28 - 09/07/24 por Notícias ao Minuto

País CPI

A Assembleia da República (AR) não consegue obter resposta do pai das gémeas luso-brasileiras tratadas com o medicamento Zolgensma, no Hospital Santa Maria, em Lisboa. A mãe, por sua vez, também rejeitou facultar contacto.

À CNN Portugal, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aberta sobre o caso, Rui Paulo Sousa, explicou que, no último mês e meio, já tentaram falar com o pai das meninas de várias formas, incluindo através de contactos que encontraram no processo clínico das filhas, mas nunca receberam resposta.

Ainda de acordo com Rui Paulo Sousa, do Chega, a comissão parlamentar pediu também um novo contacto do pai à mãe das crianças e ao seu advogado, mas ambos recusaram ajudar a AR - não o dando.

Segundo o canal, Samir Assad acompanhou todo o tratamento em Lisboa, estando referido em vários documentos e e-mails consultados pelos deputados, tendo sido uma das pessoas chamadas à CPI sobre o caso, que está em trabalhos.

Em causa no processo, que tem como arguidos o ex-secretário de Estado da Saúde Lacerda Sales e Nuno Rebelo de Sousa, filho do Presidente da República, está o tratamento hospitalar das duas meninas luso-brasileiras que receberam o medicamento Zolgensma. Com um custo de dois milhões de euros por pessoa, este fármaco tem como objetivo controlar a propagação da atrofia muscular espinal, uma doença neurodegenerativa.

O caso está ainda a ser investigado pela Procuradoria-Geral da República, mas a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde já concluiu que o acesso à consulta de neuropediatria destas crianças foi ilegal.

Também uma auditoria interna do Hospital Santa Maria concluiu que a marcação de uma primeira consulta hospitalar pela Secretaria de Estado da Saúde foi a única exceção ao cumprimento das regras neste caso.

Leia Também: "Não recebi com agrado" declarações de Marcelo sobre concertação de datas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório