Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
31º
MIN 23º MÁX 38º

Antigo presidente de Junta de Freguesia de Gaia condenado por peculato

António Marques Pedrosa, antigo presidente da Junta de Freguesia de Serzedo, em Gaia, no distrito do Porto, foi condenado a três anos e meio de prisão suspensa por abastecer o automóvel pessoal por conta da autarquia.

Antigo presidente de Junta de Freguesia de Gaia condenado por peculato
Notícias ao Minuto

19:12 - 09/07/24 por Lusa

País Peculato

Numa nota publicada hoje na sua página na Internet, a Procuradoria-Geral Regional do Porto (PGRP) refere que o arguido foi condenado por um crime de peculato, praticado por titular de cargo político, a três anos e meio de prisão, suspensa na sua execução por igual período.

Para não ir para a cadeia, o ex-autarca, eleito pela coligação PSD/CDS, terá de pagar 500 euros a uma Instituição Particular de Solidariedade Social por cada ano de suspensão.

O arguido, que foi também condenado numa pena de multa de 300 euros, terá ainda de pagar 5.234,20 euros, em consequência do decretamento da perda a favor do Estado da vantagem da atividade criminosa, além do pedido de indemnização civil formulado pela Junta de Freguesia.

O Juízo Local de Gaia considerou provado que o arguido, no desempenho das funções de presidente de uma junta de freguesia do concelho de Vila Nova de Gaia, nos anos de 2012 e 2013 "abasteceu, por diversas vezes, o seu veículo automóvel pessoal com combustível, cujo valor fez creditar na conta-corrente que a junta de freguesia dispunha" em postos de abastecimento de combustível, no valor total de 5.234,20 euros.

A sentença, datada de 01 de julho, deu ainda como provado que o arguido realizou "diversas reparações mecânicas num dos seus veículos automóveis pessoais, cujo valor mandou igualmente creditar na conta-corrente de que a junta de freguesia dispunha na empresa de reparação automóvel, mas que, no entanto, acabou por pagar".

[Notícia atualizada às 19h15]

Leia Também: Ex-comandante da Proteção Civil de Faro absolvido de um crime de peculato

Recomendados para si

;
Campo obrigatório