Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 27º

Aguiar-Branco recorda "percurso cívico" notável de Joana Marques Vidal

O presidente do parlamento, José Pedro Aguiar-Branco, lamentou hoje a morte da ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal, considerando que teve uma percurso profissional e cívico notáveis que o país agradece.

Aguiar-Branco recorda "percurso cívico" notável de Joana Marques Vidal
Notícias ao Minuto

18:39 - 09/07/24 por Lusa

País AR

A ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal morreu hoje, aos 68 anos, no Hospital de São João, no Porto, depois de ter estado várias semanas internada em coma.

"O presidente da Assembleia da República lamenta a morte de Joana Marques Vidal", lê-se numa nota publicada na conta oficial do parlamento na rede social X (antigo Twitter).

Para José Pedro Aguiar-Branco, o cargo de procuradora-geral da República exercido por Joana Marques Vidal foi "só" a face mais pública e visível de um percurso profissional e cívico "notáveis que o país agradece".

Joana Marques Vidal foi a primeira mulher a liderar a Procuradoria-Geral da República (PGR), exercendo o cargo entre 2012 e 2018 e sendo sucedida por Lucília Gago.

Foi nomeada para a PGR em outubro de 2012 pelo então Presidente da República Cavaco Silva, ocupando o cargo detido até então por Pinto Monteiro.

Natural de Coimbra, onde nasceu em 1955, Joana Marques Vidal licenciou-se em Direito em 1978 e entrou no ano seguinte para a magistratura do Ministério Público.

Leia Também: Aguiar-Branco recebe na quinta-feira os eurodeputados portugueses eleitos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório