Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

Português detido na Suíça após explosão que matou duas pessoas

Envolvimento do português no incidente não é ainda claro.

Português detido na Suíça após explosão que matou duas pessoas
Notícias ao Minuto

13:35 - 23/06/24 por Notícias ao Minuto

País Suíça

Um português foi detido, no passado dia 13 de junho, em Nussbaumen, no cantão suíço de Aargau, na sequência de uma explosão num parque de estacionamento subterrâneo, que provocou a morte de duas pessoas. 

De acordo com o Ministério Público de Aargau, citado pelo site noticioso 20 Minuten, a explosão teve origem num espaço localizado num parque de estacionamento subterrâneo, onde as duas vítimas se encontravam.

Adrian Schuler, porta-voz do Ministério Público de Aargau, explicou que os homens tinham armazenado uma grande quantidade de fogo de artifício importado ilegalmente do estrangeiro, tal como o que é utilizado em grandes eventos. A investigação acredita, nomeadamente, que eram ambos grandes entusiastas de pirotecnia e que terão, inclusive, tentado fabricar os próprios produtos, embora não tivessem qualquer formação.

Acredita-se que terá ocorrido uma ignição não intencional, durante uma destas tentativas, que terão gerado uma reação em cadeia com a grande quantidade de artigos pirotécnicos existentes no espaço.

Os homens, um italiano de 43 anos, e um suíço, de 24, morreram no local do acidente.

Nesse mesmo dia, uma pessoa dirigiu-se aos serviços de emergência e declarou ser um dos inquilinos do espaço onde estava o material. Tratava-se do homem, de nacionalidade portuguesa, de 33 anos, que acabou por ser detido temporariamente.

O português acabou por ser libertado posteriormente, depois de as autoridades recolherem as provas pertinentes para o caso, estando agora por esclarecer em que medida esteve envolvido no incidente. 

Segundo o Ministério Público, o português era conhecido das duas vítimas e é indicado como presumível autor da explosão.

O Ministério Público informou ainda que não há indícios de antecedentes terroristas ou de um ato deliberado. "As análises preliminares apontam apenas para um manuseamento e armazenamento incorretos, mas sobretudo para um comportamento totalmente involuntário com as substâncias perigosas, que resultou num acidente fatal", concluiu.

Leia Também: Três pessoas desaparecidas na Suíça após inundações

Recomendados para si

;
Campo obrigatório