Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 37º

Sintra atribui medalha de mérito municipal ao príncipe Amyn Aga Khan

A Câmara de Sintra vai atribuir a medalha de mérito municipal, no âmbito social e educativo, ao príncipe Amyn Aga Khan pelo trabalho social no concelho e por apoiar um parque municipal em 53 hectares no litoral sintrense.

Sintra atribui medalha de mérito municipal ao príncipe Amyn Aga Khan
Notícias ao Minuto

21:06 - 21/06/24 por Lusa

País Câmara de Sintra

Numa nota, a autarquia informou que, nas comemorações do Dia do Município, em 29 de junho, irá ser entregue nos Paços do Concelho, a medalha de Mérito Municipal, Grau Ouro, na Classe de Mérito Social e Educativo ao príncipe Amyn Aga Khan.

"A Fundação Aga Khan tem sido um parceiro de excelência da Câmara Municipal de Sintra", afirmou o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS), na reunião do executivo em que foi aprovada por unanimidade a atribuição da medalha de mérito municipal.

Além da ação social desenvolvida principalmente em bairros problemáticos, o autarca revelou que a Fundação Aga Khan "merece louvor" e "uma consideração especial" por ter decido apoiar a criação de um parque numa área de 53 hectares (ha) entre as praias da Adraga e Grande, adquirida pelo município.

O presidente da autarquia explicou que estava previsto que o túmulo do príncipe Aga Khan ficasse naquela zona, mas como "demorou muito tempo" para que o município adquirisse o terreno por escritura pública, o monumento tumular "vai para outro sítio" e "ficará ao pé da sede, em Lisboa", num jardim da fundação.

Na altura, a instituição, que trabalha na investigação de áreas como o desenvolvimento da infância, educação, sociedade civil, inclusão económica e seniores, contratou um conjunto de paisagistas para "fazer daquele espaço um grande parque", com valências de lazer, de estudo da flora e de fauna, que "estava avaliado em 3,5 milhões de euros".

Uma vez que o túmulo já não ia para aquele local, Basílio Horta admitiu ter pensado que o projeto seria cancelado, mas, dada a posição da câmara e "a forma como trabalha com a fundação em matérias sociais", a instituição decidiu trabalhar com a autarquia para fazer o parque.

Para o autarca, o projeto "é muito relevante porque são 53 hectares" num dos melhores sítios de Sintra e os paisagistas são "do melhor que há".

"É condecorado enquanto pessoa pelas decisões que tomou em benefício do concelho, mas também enquanto presidente de uma fundação que tem trabalhado muito connosco", frisou Basílio Horta.

O autarca admitiu apresentar em breve ao executivo municipal os "vários desenhos e projetos" em elaboração para o parque, com ligação ao mar "e sem construções".

O vereador Pedro Ventura (CDU) manifestou satisfação "pelo projeto de reabilitação dos terrenos" entre a Praia da Adega e a Praia Grande, que "é uma área muito importante" e vai ser "de grande destaque, certamente na Área Metropolitana de Lisboa, pelos valores naturais que existem naquela zona".

Além da necessidade "de combater uma grande quantidade de espécies invasivas", o autarca considerou que aquela área pode tornar-se "um 'ex-libris' único na área metropolitana, de ligação entre várias praias com características de beleza destacadas a nível internacional", que será "muito importante também para o desenvolvimento do turismo naquela área".

Segundo a proposta da autarquia, o príncipe Amyn Aga Khan é irmão do príncipe Karim Aga Khan, atual líder espiritual dos ismaelitas, e neto de Mohamed Shah Aga Khan.

A Fundação Aga Khan desenvolveu, em 2023, no âmbito da formação de jovens, projetos de inovação comunitária nas freguesias de Algueirão-Mem Martins, Rio de Mouro e União de Freguesias de Queluz-Belas, bem como lidera outras iniciativas na área ambiental.

Leia Também: Sintra transfere futuro hospital para SNS e espera abertura em outubro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório