Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 26º

PJ detém 13 pessoas por burla informática superior a 1 milhão de euros

Detenções ocorreram na Área Metropolitana do Porto. Suspeitos têm entre 20 e 60 anos.

PJ detém 13 pessoas por burla informática superior a 1 milhão de euros
Notícias ao Minuto

09:23 - 19/06/24 por Notícias ao Minuto

País Burla

Treze pessoas, com idades compreendidas entre os 20 e 60 anos, foram detidas, na terça-feira, na Área Metropolitana do Porto, por pertencerem, alegadamente, a um grupo organizado transnacional, revelou a Polícia Judiciária (PJ) num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

De acordo com os inspetores, os detidos são suspeitos da prática de crimes informáticos e económico-financeiros transnacionais, que permitiram ganhos ilícitos superiores a um milhão de euros.

A investigação da Diretoria do Centro iniciou-se no corrente ano e visa um grupo organizado transnacional que se dedica à prática dos crimes de burla qualificada, burla informática e nas comunicações, abuso de cartão de garantia ou de cartão, dispositivo ou dados de pagamento, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, através de modus operandi conhecidos como 'phishing' e 'CEO Fraud'.

Segundo a PJ, o dinheiro obtido através desta prática ilícita tinha proveniência em bancos portugueses, burlando várias empresas portuguesas. O dinheiro circulava através de contas nacionais, especificamente criadas para rececionar estes fundos, que eram imediatamente dissipados para outras contas bancárias nacionais e estrangeiras ou utilizados para aquisição de artigos de elevado valor ou de luxo.

Os detidos serão agora presentes à autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

A PJ prosseguirá com a investigação, visando o apuramento integral de todas as condutas criminosas.

Leia Também: Atenção, burla. ANA Aeroportos alerta para "venda de bagagens perdidas"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório