Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

"A seleção está forte. É uma equipa unida". Montenegro celebra em Leipzig

Primeiro-ministro foi o representante do Estado português no primeiro jogo de Portugal no Campeonato da Europa de 2024, em que venceu a Chéquia, por 2-1.

"A seleção está forte. É uma equipa unida". Montenegro celebra em Leipzig
Notícias ao Minuto

22:44 - 18/06/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Euro 2024

O primeiro-ministro, Luís Montenegro, cumprimentou a seleção nacional de futebol, que venceu a Chéquia por 2-1 na sua estreia no Campeonato da Europa de 2024, na Alemanha.

"A seleção está forte. É uma equipa unida, viu-se a entreajuda de todos. Souberam sofrer, também eles próprios, dentro do campo. Creio que a nação portuguesa se juntou, uma parte aqui no estádio e muitos milhões em casa para, connosco, construir este momento de alegria e esperança para a próxima jornada e o resto do campeonato", disse Montenegro aos jornalistas, na Red Bull Arena, em Leipzig.

O chefe do Governo admitiu, "sem entrar em euforias", confiar que há "todas as razões para acreditar que é possível, mais uma vez, estarmos na linha da frente e podermos ir bem longe neste campeonato".

Sobre se está a contar, ou não, voltar à Alemanha para acompanhar a seleção - o que implicaria que Portugal não fique pela fase de grupos -, Montenegro confessou ter essa "esperança". Depois da sua visita, será a vez do presidente da Assembleia da República, José Pedro Aguiar-Branco, que acompanhará o jogo Portugal-Turquia, e do Presidente da República, que acompanhará o jogo Portugal-Geórgia.

"Espero que, a partir daí, tenhamos a oportunidade de tornar a vir, e não deixarei de cá estar, se tiver disponibilidade. É sempre uma alegria estar perto daqueles que protagonizam para todo o mundo a nossa capacidade, a nossa identidade e a nossa unidade", disse o primeiro-ministro.

Montenegro considerou, porém, que é algo "muito difícil". "Os adversários são muitos e têm muita qualidade, mas nós também não temos nenhuma razão para não estar à altura dos melhores, por que nós temos essa capacidade, temos qualidade para vencer qualquer adversário, assim consigamos no campo ir conquistando passo a passo e superando passo a passo todos os obstáculos", afirmou, recusando fazer promessas, até porque "não depende do resultado da seleção portuguesa no campeonato da Europa".

O chefe do Governo comentou, mesmo, as opções táticas do selecionador nacional, Roberto Martínez. "A verdade é uma: O jogo acabou por ser resolvido com dois atletas que tinham acabado de entrar. Se foi uma transformação da ideia do treinador em resultado, foi um sucesso".

E mais, o primeiro-ministro - que cumprimentou Roberto Martínez e Bernardo Silva pela vitória - deixou ainda uma sugestão à seleção nacional, pedindo "materializar mais em golos" as oportunidades criadas, que foram "várias". "Não podemos ter falhas. O jogo podia ter corrido mal de uma forma fortuita, com um lance que podia resolver o jogo praticamente no primeiro remate que a República Checa fez à nossa baliza", avisou.

Depois da vitória em Leipzig, Portugal volta a entrar em campo no sábado, às 17h00, para enfrentar a Turquia, que venceu a Geórgia no primeiro jogo do Grupo F. De momento, são os turcos quem lidera a tabela, seguindo-se Portugal, Chéquia e Geórgia.

[Notícia atualizada às 23h31]

Leia Também: "O meu objetivo é ajudar a equipa ao máximo. Felizmente consegui"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório