Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

Pastores algarvios vão poder controlar os rebanhos... com tecnologia GPS

Os pastores algarvios vão poder passar a controlar os seus rebanhos com a ajuda de tecnologia de geolocalização (GPS), no âmbito de um projeto-piloto hoje lançado em Silves, que consistiu na colocação de coleiras eletrónicas nos animais.

Pastores algarvios vão poder controlar os rebanhos... com tecnologia GPS
Notícias ao Minuto

14:53 - 18/06/24 por Lusa

País GPS

"Escolhemos dois animais por rebanho e vamos colocar as coleiras que vão permitir, entre outras coisas, facilitar o controlo dos rebanhos", disse aos jornalistas o coordenador do projeto, João Cassinello, numa exploração pecuária a norte de Algoz, no concelho de Silves.

O técnico, que trabalha na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, explicou que a utilização e divulgação desta tecnologia, baseada em sistemas de informação georreferenciados (SIG), é uma das componentes de uma das linhas de ação do Revitalgarve, projeto que pretende contribuir para a revitalização das zonas rurais da região.

O projeto-piloto vai ser aplicado num total de cinco rebanhos (quatro de ovinos e um de caprinos) com a colocação de duas coleiras eletrónicas por rebanho, com o objetivo de acompanhar e monitorizar o comportamento dos animais.

"Só com o tempo é que iremos ver se isto funciona e se realmente nos vai ajudar", disse uma das proprietárias do rebanho, depois de ter assistido à colocação das coleiras em dois animais de raça Churra do seu rebanho com 200 ovelhas.

Anabela Coelho, que passa a poder consultar em qualquer momento, através do telemóvel, a localização do rebanho, referiu que a utilização que lhe parece mais evidente será "saber onde estão os animais que fugiram, depois de terem sido atacados por cães".

Segundo os técnicos do Revitalgarve, a introdução desta tecnologia não irá apenas facilitar o trabalho dos pastores, de conhecer a localização exata do seu rebanho, mas também possibilitar "a obtenção de outros parâmetros produtivos".

"Vai igualmente promover uma melhor gestão da pastagem e do território, especialmente na manutenção de áreas mais limpas e resilientes aos incêndios rurais", de acordo com a explicação dada aos jornalistas.

Presente também na cerimónia de colocação das coleiras, o pastor Rogério Ponte confessou que ainda desconhecia os eventuais benefícios da tecnologia que ia ser introduzida: "Ainda ninguém me explicou para que serve tudo isto", desabafou.

Durante a tarde, vão ser colocadas mais coleiras eletrónicas numa exploração frutícola em Conceição de Tavira, também no Algarve, que utiliza um rebanho de ovinos no controlo de infestantes.

"Este projeto-piloto tem cariz demonstrativo, para que outros produtores venham também a aderir a esta nova tecnologia no futuro", disse Pedro Valadas Monteiro, vice-presidente da CCDR do Algarve, responsável na área da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas.

O Revitalgarve é um projeto financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), assente numa rede de 12 parceiros públicos e privados, que pretende criar um modelo de organização do sistema alimentar do Algarve, baseado numa rede de produtores locais e no consumo local dos produtos.

Leia Também: Estónia convoca embaixador russo devido a bloqueios de sinal de GPS

Recomendados para si

;
Campo obrigatório